sexta-feira, 9 de abril de 2010

rearrange

Sentimentos não podem ser medidos, concorda?
Se você é um ser humano, se tem medos e alegrias, provavelmente irá concordar com isso, porque você sabe que alma e coração são territórios que a razão não se atreve a invadir mas mesmo assim, todos nós queremos decifrar o código do amor; aqueles pequenos sinais que demonstram que alguém realmente nos ama.
Aí percebemos a verdade: Apenas crer no amor ou no que o outro sente é o suficiente, mas só até certo ponto.
Crer e confiar no outro é fundamental, mas talvez pra sentir segurança ao lado de alguém, precisemos de provas...
E que provas podem ser maiores que as ações inesperadas, ou os detalhes que mudam nossa vida?!
Todos cremos nos sentimentos alheios porque pequenas atitudes nos mostraram que eles podem ser fortes, resistentes.
Ninguém precisa dar provas de amor o tempo todos, mas quem é que não gosta de se sentir amado?

16 comentários:

Melhor Free disse...

É mesmo!
to com tigo! ;)

Ana Beatriz disse...

Concordo plenamente. Todos precisamos de provas de amor. Precisamos de coisas concretas, nem sempre dá para viver do figurado.
Gostei dos seus textos.
Estou seguindo.
Beijos.

Ítalo Richard disse...

Concordo com tudo que vc falou. Ninguém sabe o que se passa na cabeça e no coração de alguém, portanto, precisamos mesmo de provas!

Bonito blog.

www.todososouvidos.blogspot.com

Fernanda Maria disse...

Concordo contigo...e nem sabe o quanto..blog bonito e textos legais pena que são curtos alguns

Larissa Oliveira disse...

verdade eu concordo , eu acho que todo mundo gosta de se sentir amado hehe :D
beeijos :*

Art =] disse...

concordo plenamente =]
eu pelo menos gosto
hehe
te seguindo viw ;]
passa lá dps
http://stuffartie.blogspot.com

Marcela disse...

Ao final de sua conclusão, o que posso concluir ou mesmo salientar é que na razão ou emoção, são contradições até mesmo em termos, assim como a guerra e o amor, como já diria Renato Russo. Portanto, acredito que tudo deva ser influências do irreal, sabe aquele lançe da espontaniedade? Então... Tem que vir da natureza, tem coisa melhor que sentir?

http://memoriaspsicodelicas.blogspot.com

Paty disse...

certamente precisamos de provas, ações que demonstrem que somos amados.

Marcelo Leite disse...

Concerteza.
Ótima pauta, o que escreveu.
Se expressa muito bem.
Abç

minimaniaf1 disse...

O amor, sozinho, não serve pra nada.

Precisa estar acompanhado do respeito, da tolerância e do bom senso.

Infelizmente eu aprendi do jeito difícil, mas hoje posso dizer que sou feliz.

Amós Barros Web Designer disse...

Amar é muito mais que isso.
"Ninguém precisa dar provas de amor o tempo..."

Pobre esponja disse...

É piegas ficar flando te amo o tempo todo, piegas demais; mas é legal de surpresa nos declararmos, não só no caso do amor, de amizades, etc.

abç
Pobre Esponja

Minhas trilhas disse...

Com certeza, sentimentos não podem ser medidos. O que ajuda a sentirmos a intensidade deles, acredito ser o conjunto das demonstrações de carinho, o respeito total pela pessoa, a sinceridade, a confiança...são diversos fatores que ajudam a gente ter certeza do sentimento da outra pessoa.

SinaldoLuna" disse...

Concordo com você acerca dessa dúvida que todos temos, mas devemos nos lembrar que amamos com o cérebro e não com o coração *.*

Parabéns e Sucesso! 0/

Black Queen disse...

Oi Menino,tem um presentinho pra vc lá no blog,passa lá e pega,beijos!!!

obs: lindo post.

Lelê Mafalda disse...

Ai, o amor....
Coisinha boa e complicada, viu?
Se todos fossem resistentes seria quase perfeito.

Postar um comentário