domingo, 28 de fevereiro de 2010

reply

O maior reflexo, o exato, em intensidade e força que o amor tem é o ódio.
Verdadeiramente é bem mais possível e provável odiar alguém que nos causa encantamento e que agrada nosso coração.
É que amor e ódio são peças de um jogo de sentimentos que tende a ferver e congelar, que nos abraça ou nos empurra sem piedade.
Mas será que isso é ruim?
O ódio te dá defesas, mas te deixa amargurado.
O amor lhe dá alegria, mas pode te amargurar também.
Nem todo amor precisa de um ódio pra surgir, mas todo ódio quer um coração aberto pra sorrir.

10 comentários:

Léo disse...

mto legal o texto.. bem reflexivo...

http://dicademusica.blogspot.com/2010/02/rede-social-klikot-paga-para-voce-fazer.html

Deane Castro disse...

Acho q o ideal, é cada um na medida certa.

WEL INFO disse...

Acho que quando se trata de sentimento tem de haver um equilibrio, o que não quer dizer que o amor está ligado ao ódio, que ao meu ver é uma forma repussiva de amor cercada de pensamentos ruim e angustia...

http://aosolhosdovento.blogspot.com disse...

Legal o texto!
Infelizmente ja tive um experiencia dessas...
Afrase final foi boa!

Black Queen disse...

Oi Renan,como sempre mais um ótimo post,parabéns
tem um presentinho pra vc lá no meu blog, leia o post e siga as regras,e pegue o selo prêmio,bjs!

Bi disse...

Nossa, adorei o post!
Um beijo da sua mais nova seguidora ^^

Tay disse...

É assim q funciona, o amor e o ódio são sentimentos tão opostos e ao mesmo tempo tão próximo. Próximos da solidão, da amargura (como vc cita), da relutância. Pois a principio ñ queremos amar, mas nos entregamos. Pq a principio ñ queremos odiar, mas nos entristecemos. Sabe,acho q ninguém tem o ódio instalado em si, ninguém odeia, nos permitimos sem querer pegar desavenças com aquela pessoa q nos magoa, e essa magoa pode ter várias formas.. Bom é isso q penso, otimo texto, gostei da tua linha de pensamento ^^

Dá uma olhada nos meus blogs
www.confissoesblogger.blogspot.com (esse eu atualizo de vez enquando)
www.aoutrapaginadoolhar.blogspot.com (atualizo todo dia, uma visão do mundo aos meus olhos)

Beijoos e boa sorte com o blog! To seguindo

kbritovb disse...

muito bom =]
amor e ódio são dois lados da mesma moeda?
será? ninguém consegue explicar neh

Michel Carvalho disse...

Todos somos capazes de amar na medida em que odiamos. É intrinseco.

Confira
http://midiacidada.blogspot.com/2010/03/o-chato-de-ser-adulto.html

Victor Faria disse...

Parabéns pelo texto e pelo blog!
Passa lá no meu: http://www.papodeinformatica.blogspot.com

Postar um comentário